J. Ramom Pichel

Diretor de I+D+i

José Ramom Pichel Campos nasceu em 1972 em Compostela. Desde que se lembra, sempre gostou de computadores e línguas. Engenheiro superior em informática pela Universidade da Corunha, iniciou estudos em Filologia galego-portuguesa na Universidade de Santiago de Compostela, área que promete retomar em breve.
Em 1997, foi um dos fundadores da imaxin|software, empresa especialista em tecnologias da linguagem e multimédia educativo, de que é atualmente o diretor de I+D+i. No ano 2000, participou no desenvolvimento do corretor ortográfico Galgo, que foi posteriormente adaptado para o Microsoft Office. Entre 2004 e 2009, foi responsável pelos projetos de I+D Opentrad, uma plataforma RBMT de tradução automática de código aberto que resultou em dois motores de tradução automática: Apertium e Matxin.
Publicou mais de 20 artigos sobre tecnologias da linguagem em diferentes congressos e revistas científicas. Está a fazer o doutoramento com o professor Iñaki Alegria da Universidade do País Basco e o professor Paulo Gamalho Outeiro da Universidade de Santiago de Compostela, sobre a relação entre distância entre línguas e qualidade da tradução automática.
Por último, é um entusiasta da sobrevivência na Galiza da nossa-vossa língua, conhecida internacionalmente como português. Publicou livros como “O galego é uma oportunidade” com Valentim Fagim, e co-realizou o documentário “Porta para o exterior”, com Sabela Fernandez, documentário que foi apresentado o ano passado aqui, na Faculdade de Letras do Porto, e está disponível online.

Sessões

27 Junho, 2018
Construir pontes entre línguas próximas com tradução automática por regras
Sala 206
14:00  -  16:00